Notícias

10jan

Suplementos de academia podem fazer mal?

O uso de suplementos deve seguir orientação médica ou nutricional, pois seu consumo desregulado pode vir a causar sérios problemas de saúde, como falência do fígado, pedra nos rins, diabetes e até infarto.

Suplementos compostos de proteína e aminoácidos - voltados ao ganho de massa muscular – requerem atenção na dosagem, uma vez que o corpo não absorve mais que 30g do suplemento por dia. Quando essa dose é ultrapassada, ele começa a oferecer riscos, podendo afetar o fígado e os rins. Isso porque o organismo libera uma grande quantidade de amônia - substância altamente tóxica – para quebrar os aminoácidos presentes no suplemento.

Um dos suplementos mais perigosos quando utilizados sem orientação médica ou nutricional é o de creatina, popular para aumentar energia e resistência dos músculos. Tomá-la por mais de três meses pode levar a problemas renais e especialistas contraindicam doses maiores que 5g por dia.

suplementos hipercalóricos para ganho de peso contêm uma mistura de carboidratos, vitaminas e proteínas com alto valor calórico e precisam ser dosados conforme a intensidade dos exercícios físicos praticados na rotina, sob pena de gerar ganho de gordura abdominal e problemas na pressão arterial.

Por último, as populares bebidas isotônicas (repositores hidroeletrolíticos), contêm altas quantidades de sais minerais, podendo aumentar a pressão arterial e a retenção de líquidos. A indicação dos especialistas é de que elas só devam ser consumidas quando os exercícios intensos ultrapassam uma hora de duração.

 

Fonte:
Portal Revista SuperInteressante
Enviar por email O preenchimento do nome é obrigatório. O preenchimento do email é obrigatório. O preenchimento do nome do destinatário é obrigatório. O preenchimento do email do destinatário é obrigatório.

Obrigado! Seu email foi enviado.

Fechar