Notícias

05jun

Parar de fumar exige mudanças comportamentais. Veja dicas

Cerca de cinco mil substâncias tóxicas são ingeridas em uma só tragada de cigarro, e os impactos dessa bomba de substâncias nocivas são devastadores no corpo humano.

No Brasil, 428 pessoas morrem por dia por causa da dependência de nicotina, segundo o Instituto Nacional do Câncer. O maior peso é dado pelo câncer, doença cardíaca e doença pulmonar obstrutiva crônica.

Quem deseja parar de fumar deve contar com ajuda médica e promover mudanças de atitude em seu cotidiano para conseguir largar o vício. Veja algumas dicas:

- Escreva porque você quer parar de fumar e leia estes motivos diariamente. 

- Peça à sua família e amigos para apoiar sua decisão de abadonar o cigarro. 

- Crie um plano próprio para parar de fumar. Encontre o método que funcione melhor para você: parar gradualmente ou lentamente. Se uma maneira não funcionar, faça o outro.

- Comece um programa de exercícios. A atividade física é incompatível com o tabagismo. 

- Faça uma respiração profunda cada dia durante 3 a 5 minutos. Inspire pelo nariz muito lentamente, prenda a respiração por alguns segundos e expire lentamente pela boca. 

- Encontre um outro fumante que esteja tentando parar, e ajudem-se mutuamente com palavras positivas e ouvindo desabafos.

- Beba muita água. Ela ajudará a eliminar a nicotina e outras substâncias químicas para fora de seu corpo.

- Saiba o que provoca seu desejo por um cigarro, como o estresse, o fim de uma refeição, a chegada no local de trabalho, entrando em um bar etc. Evite esses gatilhos.

- Sempre que você tiver vontade de fumar, em vez de acender um cigarro, escreva seus sentimentos ou o que está em sua mente.
 

 

Informações: Revista Exame e INCA
Redação: Prática Comunicação
Enviar por email O preenchimento do nome é obrigatório. O preenchimento do email é obrigatório. O preenchimento do nome do destinatário é obrigatório. O preenchimento do email do destinatário é obrigatório.

Obrigado! Seu email foi enviado.

Fechar