Notícias

26mar

Conheça as substâncias que comprovadamente atrapalham a fertilidade

Algumas substâncias já foram comprovadas pela ciência como potencialmente prejudiciais à fertilidade de casais que buscam ter filhos. Álcool, cigarro e cafeína são as principais delas.

Beber mais de cinco copos de bebida alcoólica por semana afetaria a qualidade do sêmen, segundo estudos realizados na Dinamarca. Já uma pesquisa de 1985 da Associação Médica Americana adverte que o cigarro provoca a perda de óvulos, o que explica o fato de mulheres fumantes entrarem na menopausa de três a quatro anos antes das demais.

Drogas recreativas como a maconha podem elevar a taxa de infertilidade nas mulheres e reduzir a contagem de espermatozoides nos homens, enquanto a cocaína prejudicaria a formação dos gametas masculinos.

A cafeína, substância de consumo mais frequente pela população, pode aumentar do risco de subfecundidade (um atraso maior para conseguir conceber) em mulheres que exageram no cafezinho. A quantidade, apontada por um estudo realizado em cinco países europeus foi de mais de cinco xícaras de café por dia.

Homens também seriam afetados, conforme estudo americano. Duas ou mais doses de café expresso por dia geraria mais dificuldades de ser pai durante a fertilização in vitro.

 

Informações: Saúde É Vital
Redação: Prática

 

Enviar por email O preenchimento do nome é obrigatório. O preenchimento do email é obrigatório. O preenchimento do nome do destinatário é obrigatório. O preenchimento do email do destinatário é obrigatório.

Obrigado! Seu email foi enviado.

Fechar